segunda-feira, 31 de agosto de 2015

TURISMO: De Colatina/ES a Trindade/GO, 24 horas de viagem rumo ao “Divino Pai Eterno”

Texto e selfies: Paulo R. Maciel para o blog WWW.REPORTERPAULOMACIEL.BLOGSPOT.COM
Pude conhecer a cidade de Trindade, no estado de Goiás, neste fim de mês de agosto de 2015, ao participar de uma excursão que saiu de Colatina na quarta-feira (26/08) e retornou nesta segunda-feira (31/08). Por pouco mais de R$ 600,00, cerca de trinta turistas católicos fizeram sua viagem de fé para visitar e orar nas igrejas trindadenses, principalmente no Santuário Basílica Divino Pai Eterno, o templo principal e mais espaçoso da cidade da região Centro-Oeste. A excursão foi comandada pelo comerciante e motorista aposentado José Lacerda, do  bairro Santa Helena (telefone 99870-1522). E valeu a pena visitar a acolhedora e famosa cidade, mantida praticamente pela devoção ao Divino Pai Eterno, onde as missas de fim de semana reúnem centenas ou milhares de peregrinos e romeiros das mais diferentes partes do país. Assisti a duas missas, uma na quinta-feira (27) e outra no sábado (29), esta última presidida pelo padre Robson, religioso da Congregação Redentorista que é muito amado pelos fiéis. Um novo santuário, bem mais espaçoso que o atual, está na fase inicial de construção. A viagem de ônibus Colatina-Trindade tem a duração de 24 horas, podendo se estender um pouco mais dependendo dos engarrafamentos no trânsito e das paradas para lanche, descanso, uso de toalete e abastecimento. Saímos do Centro de Colatina por volta das 8h. Conforme o roteiro da longa viagem, o ônibus passou no início, entre outras cidades, por  Baixo Guandu/ES, Aimorés/MG, Resplendor/MG (onde tivemos a primeira parada para lanche) e Naque/MG (com nova parada em churrascaria para almoço e uso de toalete, por volta do meio-dia). De volta ao coletivo, DVDs de filmes, missas ou músicas animaram os viajantes. Passamos, então,  ainda no território mineiro, por Ipatinga, Timóteo, Coronel Fabriciano e João Monlevade (local de mais uma parada, para higienização do carro e descanso). Ao redor da Capital de Minas Gerais (Belo Horizonte), passamos por volta das 18h e enfrentamos um grande e demorado engarrafamento de trânsito. Às 20h jantamos numa lanchonete de Maquiné, e, na madrugada, fizemos lanche às 2h de quinta-feira em Paracatu, ainda em Minas. Às 6h30min, passamos por Abadiânia, agora já no estado de Goiás, onde o ônibus fez uma parada estratégica para abastecimento de combustível. Passamos também por Anápolis e Goiânia, antes de chegar a Trindade, o que ocorreu às 9h da manhã. O município goiano tem pouco mais de 100 mil habitantes. Segundo as informações, entre Colatina e Trindade são 1.530km de extensão.Ficamos  hospedados durante três dias na Pousada São Geraldo Magela, com serviço de café da manhã, almoço e jantar. No comércio local, camisetas com estampa da imagem do Divino Pai Eterno custam a partir de R$ 10,00 e estatuetas e brindes têm preços variados. DVD com a gravação da missa televisada  em que o fiel participa custa entre R$ 10 a R$ 15,00. As missas principais são às 7h e 19h30min (sexta-feira), 7h e 17h30min (sábado), 6h, 8h, 10h, 15h e 17h30min (domingo). O site é www.paieterno.com.br e os telefones: (0xx62) 3505-1783 e 3506-4075. Na sexta-feira e no sábado, durante o dia, visitei Goiânia para conhecer um pouco mais a região, fazer compras e tirar fotos. Para chegar à capital goiana, recomenda-se pegar o ônibus articulado da linha 112 no terminal rodoviário de Trindade e fazer conexão no Terminal Padre Pelágio. Neste local, embarca-se no ônibus 001 do Eixo Anhanguera, que segue praticamente por um corredor exclusivo até a capital. A viagem custa R$ 1,65 e tem a duração de cerca de uma hora e meia. Eu saltei nas imediações da Avenida Goiás. Para retornar a Trindade, pega-se o mesmo ônibus articulado 001 do Eixo Anhanguera (que corta toda a área central de Goiânia nos sentidos de ida e volta) seguindo até ao Terminal Padre Pelágio e, então, faz-se a conexão com  o 112 até à cidade do Divino Pai Eterno (ponto final). O que me chama bastante a atenção é o número de pessoas que ingressam no ônibus em vários pontos da linha em busca de recursos para o seu sustento. Vi músico apresentando suas canções ao violão, deficiente vendendo doces para se manter, representante de casa de tratamento de dependentes químicos e vendedores em geral. A gente se sensibiliza, mas não é possível disponibilizar dinheiro para todos que aparecem. No fim, acabei comprando um objeto para ajudar um desses nossos irmãos.      


quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Cristão na atualidade é tema da Semana Teológica de Colatina

Semana Teológica_Colatina_menor
“Ser cristão na atualidade” é o tema da Semana Teológica 2015 promovida pelo Centro de Estudos da Diocese de Colatina (Cedic) em parceria com a Área Pastoral de Colatina. O evento acontece de 31 de agosto a 4 de setembro no auditório do Edifício João Paulo II, no centro de Colatina, sempre a partir das 19 horas.
Para participar é preciso se inscrever, pois as vagas são limitadas. Os interessados devem procurar a secretaria paroquial. Para mais informações, envie um e-mail para cedicdecolatina@gmail.com. A taxa de inscrição é de R$ 10,00. Confira, a seguir, os assuntos de cada dia e seus assessores.
31 de agosto
Tema: Diocese de Colatina, seus 25 anos e Ano da Paz
Assessor: Pe. Roberto Marcelino de Oliveira

1º de setembro
Tema: O ser humano e o mundo virtual
Assessor: Joana Sobreira Girandelli

2 de setembro
Tema: Fé cristã no contexto atual
Assessor: Paulo Delboni

3 de setembro
Tema: Espiritualidade cristã para o tempo presente
Assessor: Ir. Castorina Oliveira do Prado

4 de setembro
Tema: Os discípulos de Emaús: proposta de uma teologia da esperança à luz do encontro com o Senhor
Assessor: Marcelo Keller Santiago

Fonte: http://diocesedecolatina.org.br

Primeira parcela do décimo-terceiro dos aposentados será paga de 24 de setembro a 7 de outubro

O pagamento da primeira parcela do 13º salário para mais de 28 milhões de segurados da Previdência Social começa no dia 24 de setembro. No total, serão pagos cerca de R$ 16 bilhões. Essa é a terceira vez que o adiantamento – estabelecido em 2006 – será depositado junto aos benefícios de setembro. Os pagamentos seguem até o dia 7 de outubro. O decreto com a medida será publicado nos próximos dias. Nesta primeira parcela não será descontado o Imposto de Renda – no caso de valores que estejam dentro das faixas de cobrança. De acordo com a legislação, o IR sobre o 13º só será pago quando for depositada a segunda parcela da gratificação natalina, de 24 de novembro a 7 de dezembro. Salário mínimo - Entre os beneficiários da antecipação, cerca de 70% recebem o salário mínimo, e não terão o desconto. Os depósitos começam no dia 24 para os segurados que recebem até um salário mínimo e possuem cartão com final 1, descontando-se o dígito. Os segurados que recebem acima do mínimo terão seus benefícios creditados a partir do dia 1º de outubro. O extrato mensal de pagamento estará disponível para consultas na página do Ministério da Previdência Social na internet a partir do dia 24 de setembro. Valor da antecipação - Aposentados e pensionistas, em sua maioria, receberão 50% do valor do benefício. A exceção é para quem passou a receber o benefício a partir de janeiro desse ano. Neste caso, o valor será calculado proporcionalmente. Os segurados que estão recebendo Auxílio-Doença também terão uma parcela menor do que os 50%. Como esse é um benefício temporário, é calculada a antecipação proporcional ao período. Por lei, os segurados que recebem benefícios assistenciais (Loas) não têm direito ao 13º salário, o que corresponde a cerca de 4,380 milhões de benefícios. Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Previdência Social.

terça-feira, 25 de agosto de 2015

ESPIRITUALIDADE: Padre Marcelo Rossi autografa livro “Philia” em Vila Velha/ES

Texto e fotos reproduzidas da TV: Paulo R. Maciel para o blog WWW.REPORTERPAULOMACIEL.BLOGSPOT.COM
O padre Marcelo Rossi está visitando o estado do Espírito Santo, para o lançamento e dedicatória do seu mais novo livro, “Philia”, em território capixaba. Ele autografa a obra das 14h30min em diante (nesta terça-feira,25/08/2015), no Shopping Vila Velha (Saraiva), na cidade de Vila Velha,  avenida Luciano das Neves, 2.418. Os pontos de referências para acessar o local são o bairro Divino Espírito Santo, a Paróquia Nossa Senhora das Graças, a Universidade Vila Velha (UVV), que fica em frente a uma das entradas do shopping, o Fórum Vila Velha, a Rodovia do Sol e o Terminal Vila Velha. O telefone para obter informações sobre o transporte coletivo para a localidade é o 0800-039 1517. “Derrote a depressão, o medo e outros problemas aplicando o Philia no seu dia a dia”, destaca o autor na capa do seu livro. Vale lembrar que o padre Marcelo passou por uma forte depressão e conseguiu vencer essa fase através da oração a Deus. Esse é o terceiro livro desse período de transformação, sendo o primeiro “Ágape” e o segundo, “Kairós”, todos recordistas de venda. Há inclusive a versão para colorir.  Site do padre, para mais informações: http://www.padremarcelorossi.com.br 

21 a 28 de agosto: Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla 2015

Apae de Colatina completa 44 anos e atende 530 alunos e pacientes em parceria com escolas comuns
De 21 a 28 de agosto de 2015 comemora-se a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla. De acordo com nota da Apae de Colatina em sua párina na internet, “agosto se torna um mês muito especial para o Movimento Apaeano Colatinense, pois nossa APAE completou 44 anos no dia 15 de agosto e nossa cidade também aniversariou no dia 22, seus 94 anos. Para aumentar ainda mais nossa felicidade e expectativa é promovida anualmente neste mês a Semana da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, que neste ano tem como tema: ‘Inclusão se Conquista com Autonomia’.”
Continuando, diz a nota: “Utilizamos o espaço da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla para realizar ações para a promoção das questões apaeanas que vão desde a luta pela defesa de direitos das pessoas com deficiência até a conquista de novos espaços de inclusão. Durante estes anos, ensinamos e aprendemos. Trabalhamos muito, tendo a certeza de que dedicação e envolvimento são essenciais para conseguirmos cumprir nossa missão. Crescemos com mais eficiência e progredimos no espaço da inclusão e respeito ao próximo. Queremos compartilhar com todos a satisfação e o orgulho de nossas conquistas, porque elas são feitas em prol de nossos usuários, familiares e amigos da nossa APAE Renovamos a cada dia os compromissos assumidos de promover o desenvolvimento e bem estar da pessoa com deficiência mental/intelectual e ou múltipla.”
De acordo com as informações, atualmente Apae de Colatina tem como presidente o empresário  Eval Galazi, vice-presidente Artur Emilio Cossete de Medeiros, e diretora pedagógica Margarida  Zanotelli Milli. A APAE Colatina é mantenedora do Centro de Atendimento Educacional Especializado “Ângela de Brienza”, que atualmente atende 530 alunos e pacientes, na sua maioria incluídos no ensino comum, visando sempre uma inclusão de qualidade, com parceria com as escolas comuns. Informa a entidade que conta também com o Centro de Tratamento de Autismo (CTA) -  referência no estado do Espírito Santo nesta área - com infraestrutura, equipamentos e pessoal capacitados, tendo como objetivo atender as necessidades de cada autista, nas diversas áreas, visando à inclusão.
Projetos desenvolvidos: Inclusão no mercado de trabalho, em parceria com o SENAI e FRISA; Atendimento Educacional Especializado (AEE); Projeto: Mãos Que Fazem Fraldas, com destino a doação para famílias carentes; Projeto de visita multiprofissional a alunos da escola regular;
Projeto Informática, em parceria com IFES e Prefeitura Municipal De Colatina; Projeto Melhor Qualidade de Vida, par alunos não incluídos; Projeto Oficina Geração de Renda, para pessoa com deficiência; Na área da saúde, oferta de atendimentos de Fonoaudiologia, Terapia Ocupacional, Fisioterapia, Equoterapia, Hidroterapia, Assistência Social, Psicologia, Neurologista e o Teste da Orelhinha. “É com uma trajetória inovadora e de forte tradição que conquistamos a credibilidade e o espaço merecido no cenário de educação e saúde prestados a comunidade. Aproveitamos este momento para agradecer a todos nossos colaboradores, pois a eles devemos também o sucesso de nosso trabalho”, finaliza a nota.
A Apae de Colatina  está situada na rua Benjamin Costa, 96, bairro Adélia Giuberti, CEP 29707-130, Colatina/ ES, telefone: (0xx27) 3722-2563,  E-mail: apaesus@yahoo.com.br

Fonte: http://www.colatina.apaebrasil.org.br

Governo anuncia reforma administrativa para melhorar gestão e reduzir gastos

Proposta é reduzir ministérios, cargos comissionados e melhorar gestão do patrimônio da União  O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nelson Barbosa, apresentou na segunda-feira (24/08/2015), após a reunião do Conselho Político no Palácio do Planalto, os eixos da reforma administrativa no âmbito do Poder Executivo para reduzir gastos e melhorar a gestão pública. Barbosa explicou em coletiva à imprensa que a proposta será construída a partir de discussão com os ministérios e anunciada até o final de setembro. A reforma será dividida em cinco diretrizes: redução de ministérios, reestruturação de órgãos públicos, extinção de cargos comissionados, redução de gastos de custeio e melhoria da gestão do Patrimônio da União. MINISTÉRIOSA primeira diretriz tem como meta a redução de 10 ministérios. “Ainda não definimos qual ministério ou estrutura será atingida”, adiantou o ministro. Trata-se de processo que envolve todos os órgãos e autarquias do governo federal e também uma melhor governança de empresas estatais. “Vamos avaliar com todos os ministros, com todos os órgãos envolvidos quais são as iniciativas nesse sentido, tanto do ponto de vista de gestão, de funcionamento de cada ministério, de superposição de áreas, quanto também do ponto de vista político e de sustentação, de atender a base do governo”, disse o ministro. MÁQUINA PÚBLICABarbosa esclareceu que os ministérios também farão reformas internas para racionalizar a máquina pública, ação que está inserida na segunda diretriz da reforma. “Nós, do Ministério do Planejamento, já recebemos várias propostas de reestruturação administrativa de ministérios, de secretarias e de autarquias. A ideia é combinar todos esses processos que já estão acontecendo de modo individualizado numa iniciativa comum de melhoria de gestão”, indicou o ministro. COMISSIONADOS -  Ele afirmou que a partir da redução do número de ministérios e da racionalização da estrutura administrativa será possível diminuir o número de cargos comissionados de livre nomeação, os chamados DAS, que é a terceira diretriz da reforma. Segundo ele, hoje os cargos comissionados já são em sua maioria (74%) ocupados por funcionários públicos. Atualmente, existem cerca de 22 mil cargos comissionados ocupados no Poder Executivo, conforme divulgado pelo último Boletim Estatístico de Pessoal. REDUÇÃO DE GASTOSO ministro não apresentou meta de redução de cargos. “Não há uma meta numérica para essa linha de ação, porque isso precisa também ser construído com cada ministro, com cada área de atuação, que entende melhor do funcionamento da sua própria atividade”. A quarta diretriz da reforma é ampliar o programa de redução de gastos de custeio, aqueles que são tipicamente de manutenção da estrutura administrativa. Barbosa lembrou que o governo já lançou nesse ano metas de redução, por exemplo, de consumo de água e de energia elétrica que estão em operação. “Vamos continuar com essa racionalização, adotando melhores técnicas, melhores práticas e estender isso também para diversos outros contratos de manutenção, como por exemplo contratos de limpeza, manutenção de prédios, contratos de carros”. GESTÃO DO PATRIMÔNIOConforme apontou o ministro, a última diretriz desse programa de reforma administrativa é o aperfeiçoamento da gestão do patrimônio da União.  O governo irá lançar um programa de venda gradual, via pregão eletrônico, de seus imóveis que não são prioritários, não têm mais o uso adequado ou não são mais necessários. Além disso, o governo pretende promover o programa de regularização dos direitos à União dos terrenos de marinha e também uma oferta de pagamento antecipado para que as pessoas físicas e empresas que estão nesses terrenos possam adquirir a área de forma permanente. PLOA/PPA – Barbosa explicou que a reforma faz parte da estratégia de construção da Proposta de Lei Orçamentária de 2016 (PLOA) e do Plano Plurianual 2016-19 (PPA), que devem ser encaminhados ao Congresso Nacional até o 31 de agosto. “Desse processo de construção de PPA e do PLOA, esse é o momento também de fazer uma proposta de reforma administrativa para esse novo ciclo orçamentário da lei orçamentária que será enviada ao Congresso Nacional e sobre tudo do PPA de 2016-2019”, disse o ministro. Ele esclareceu que o PPA define metas e prioridades do governo de 2016-2019, envolve várias ações e sobre tudo as metas quantitativas, quantas casas serão construídas no programa Minha Casa, Minha Vida, qual será a expansão das universidades, qual vai ser o número de vagas do Pronatec, além das metas nas áreas de saúde e educação, entre outras. MÚLTIPLAS PROPOSTAS  - Barbosa ainda ponderou que há várias propostas de reforma em discussão e a iniciativa deve ser bem construída. “Tem que haver o debate. Vamos construir essa proposta a partir da diversidade de iniciativas já em tramitação no Congresso, outras do setor privado e convergir para uma solução única”. O ministro disse, por fim, que, assim como o setor privado, o governo também precisa aumentar a produtividade como forma de contribuir para a retomada do crescimento econômico “É vital aumentar a produtividade no governo também para obtermos ganhos de eficiência e monetário no final do processo”. Fonte: http://www.planejamento.gov.br/noticias

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Brasília sedia projeto “Jovem Guarda 50 Anos – Em Ritmo de Festa”

Fonte: http://novosalic.cultura.gov.br - Salic (Sistema de Apoio às Leis de Incentivo à Cultura)
Em homenagem aos 50 anos do movimento musical Jovem Guarda, será realizado, durante uma semana no mês de setembro de 2015, no Centro Cultural Banco do Brasil de Brasília (CCBB), um projeto que inclui cinco shows musicais em teatro e cinco dias de atividades de encontro e debates entre artistas, estudiosos do movimento e o público. O projeto foi aprovado no Edital do CCBB. A programação foi planejada por uma curadoria especializada sendo os shows no teatro  fechado, de quarta a domingo e os cinco encontros com artistas no horário de meio dia e meia. Os artistas convidados são Jerry Adriani, Renato e Seus Blue Caps, Golden Boys, Wanderlea, Getúlio Cortes, Michael Sullivan, dentre outros.Os detalhes sobre a aprovação do projeto estão na página do Ministério da Cultura, como demostrado a seguir.
OBJETIVOS
O projeto tem como objetivo, além da homenagem os 50 anos do movimento musical que marcou época na história da música popular  brasileira, oferecer ao público a oportunidade de reviver sucessos musicais que ficaram na memória coletiva de uma geração. É também objetivo do projeto mostrar ao público mais jovem o significado deste movimento artístico na cultura do país. Estes shows no teatro terão, além das condições técnicas profissionais de som e luz, roteiros especialmente elaborados. Os artistas convidados são Jerry Adriani, Wanderlea, Renato e Seus Blue Caps, Golden Boys, Getúlio Cortes, Michael Sullivan, dentre outros nomes emblemáticos que participaram da Jovem Guarda. Para execução do projeto será criada uma estrutura técnica e artística para os shows com a finalidade de alcance do objetivo conceitual do projeto, dentro de condições apropriadas de palco, equipamento de luz, equipamento de som, dentre outras necessidades específicas. Os shows nos teatros terão valor de ingresso bem acessível a todas as camadas sociais. As cinco palestras/encontro dos artistas com o público serão com entrada franqueada ao público. O teatro do CCBB, de Brasília, dispõe de uma capacidade de 300 lugares e o lugar da realização das palestras é de 70 lugares. Estas palestras/encontros terão como objetivo conversar e refletir com o público aspetos importantes do tempo da Jovem Guarda e o que significou este período musical na história da música popular brasileira .
JUSTIFICATIVA
Consta da “justificativa” do projeto que a Jovem Guarda foi um movimento cultural que marcou época no Brasil mesclando música, comportamento social e a moda de toda uma geração. Surgiu em agosto/1965 a partir de um programa exibido pela TV Record, em São Paulo, apresentado pelo cantor e compositor Roberto Carlos junto com Erasmo Carlos e Wanderléa. O movimento artístico deu origem a uma nova linguagem musical e comportamental, pois a alegria e descontração que lhe eram típicas transformaram-na em um dos maiores fenômenos nacionais do século XX. Sua principal influência era o “rock and  roll” do final da década de 1950 e início dos anos 60. Grande parte de suas letras tinham temáticas amorosas, adolescentes e açucaradas - algumas das quais, versões de rock britânico e norte-americanos da época. A atitude insubmissa da Jovem Guarda era mais alegre, mais lúdica, mais relax e, por tudo isso, mais livre. Isso, sem dúvida, explica bastante a sua popularidade. Era anárquica, mas delicada. Era debochada, mas simpática. “Tudo que eu gosto é ilegal, é imoral ou engorda” – cantava um de seus ídolos. Qual era, então, o valor supremo visado pela subversão moral da Jovem Guarda? Sem dúvida nenhuma, um valor romântico: o amor, o prazer, a felicidade afetiva e sexual. A rejeição dos preconceitos era feita em nome da realização amorosa. Nesse sentido, a Jovem Guarda evoluiu fatalmente para a música romântica como exemplifica a própria carreira dos seus mais reconhecidos expoentes. O projeto “Jovem Guarda 50 Anos - Em Ritmo de Festa”  pretende, além da homenagem, lembrar para os que viveram a época e mostrar para um público mais jovem a importância deste movimento musical na cultura brasileira. O movimento da Jovem Guarda foi responsável também pelo desenvolvimento da indústria fonográfica brasileira. A partir do sucesso estrondoso deste movimento as gravadoras foram instaladas e modernizadas para atender a imensa demanda provocada pela explosão de sucessos musicais.
Segundo o dicionário Cravo Albim, o culto aos artistas e ao estilo Jovem Guarda se manteve através das décadas posteriores, criando, inclusive, novos simpatizantes, admiradores e estudiosos dedicados ao assunto. Em 1999, Ricardo Pugialli lançou, pela Editora Ampersand, o livro "No embalo da Jovem Guarda", no qual remonta a partir de reflexões diversas o panorama do movimento, sua influências e decorrências. No ano 2000, o escritor Marcelo Fróes, estudioso do movimento, lançou o livro "Jovem Guarda - Em ritmo de aventura", em que encaminha, além de dados sobre o movimento, reflexões sobre seu significado no quadro da cultura nacional. São numerosos os depoimentos de artistas que surgiram posteriormente ao período final da Jovem Guarda, atestando sua importância.Para o público que viveu esta época, o projeto tem o objetivo de oferecer momentos de emoção e de alegria. Para o público mais jovem o projeto objetiva mostrar a importância deste movimento musical como propulsor dos movimentos seguintes da história da nossa música.
ACESSIBILIDADE
O teatro fechado do CCBB atende todas as exigências de acessibilidade dos portadores de necessidades especiais como acesso, poltronas e banheiros adaptados, além de pessoas para a orientação dos portadores de deficiência.
DEMOCRATIZAÇÃO DE ACESSO
Todos os shows realizados no teatro fechado do CCBB Brasilia, como é de praxe dessa instituição, terão ingresso a preço popular, possibilitando o acesso do público de diferentes camadas sociais ao projeto. Os valores cobrados serão de R$10,00 e R$5,00. Em atendimento ao disposto no Art. 30, da Instrução Normativa n° 1, de 24 de junho de 2013, adotaremos como uma das medidas de democratização de acesso o item VII – serão realizadas cinco palestras com entrada gratuita conforme descrito nos objetivos do projeto e cujos conteúdos estão especificados em especificações técnicas do produto. O público estimado nas palestras/encontros, de aproximadamente 70 pessoas em cada, no total de 350, será do público em geral, interessados no tema, estudantes de música e estudantes em geral. 
CURRÍCULOS
Jerry Adriani - cujo nome verdadeiro é Jair Alves de Souza, nasceu em 29 de janeiro de 1947, no Brás, na cidade de São Paulo. Começa sua vida profissional em 1964, com a gravação do LP, "Italianíssimo", e no mesmo ano gravou seu 2º LP , "Credi a Me". Apresentador do programa Excelsior a Go Go, na antiga TV Excelsior (Canal 9), atual RedeTV!, em São Paulo. Entre 1967 e 1968, já na antiga TV Tupi, (Canal 4), atual SBT em São Paulo, passou a apresentar A Grande Parada, ao lado de grandes artistas, como Neyde Aparecida, Zélia Hoffmann, Betty Faria e Marília Pera. Em 1969 Foi responsável pela ida de Raul Seixas para o Rio de Janeiro. Na década de 90, gravou um disco que trazia de volta as origens do Rock in Roll, com o tema "Elvis Vive", um tributo a Elvis, sendo este o 24º disco da sua carreira. Em 1994, a convite de Cecil Thiré, participou da novela 74.5 uma onda no ar, produzida pela TV PLUS e exibida pela Rede Manchete, exibida também em Portugal com grande sucesso.
Renato e Seus Blue Caps - Grupo formado no início dos anos de 1961 pelos irmãos Renato Barros, Ed Wilson e Paulo César Barros, Euclides de Paula e Gelson, jovens moradores do bairro da Piedade, no Rio de Janeiro. Tocaram no rádio e em programas de televisão, como Os Brotos Comandam, da TV Rio, apresentado por Carlos Imperial. Gravaram o primeiro compacto em 1962 e se notabilizaram principalmente pelas versões que faziam de músicas de língua inglesa. Em 1963 Ed Wilson saiu do grupo e iniciou carreira solo, sendo substituído por Erasmo Carlos, que teve uma participação breve no grupo. Tornaram-se um sucesso se apresentando no programa Jovem Guarda, em shows, festas e bailes. Em 1966 apareceram em dois filmes: Na onda do iê-iê-iê e Rio, Verão & Amor.
Wanderléa - Tornou-se famosa durante a Jovem Guarda, fazendo sucesso juntamente com seus amigos Roberto Carlos e Erasmo Carlos. Trabalhou como atriz principal no filme brasileiro "Juventude e Ternura" (1968), direção de Aurélio Teixeira, bem como contracenou com Roberto e Erasmo em "Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-rosa" (1968) de Roberto Farias entre outros filmes. Um grande sucesso de Wanderléa, "Te Amo", esteve na trilha sonora nacional da novela Caras & Bocas, da Rede Globo. A mesma música já havia entrado para a trilha de uma novela dos anos 90, Pedra Sobre Pedra. Graças a essa canção, Wanderléa voltou a ter destaque na mídia
Marcelo Froes - Produtor musical, pesquisador, um dos maiores estudiosos da Beatlemania e autor do livro “Jovem Guarda Em Ritmo De Aventura”. Repleto de histórias sobre as origens do rock nacional, o livro mostra como a Jovem Guarda aconteceu em ritmo de aventura: desde as trajetórias de Wanderléa, Erasmo e Roberto, até as fofocas dos bastidores. Uma surpresa é constatar que vários artistas que hoje tomaram novos caminhos na MPB começaram na Jovem Guarda. Marcelo Fróes criou o selo “Discobertas” com inúmeras edições de CDBs da música popular brasileira
A MPB Marketing tem uma larga experiência em criação, produção, captação de recursos e inscrição em leis de incentivo de projetos musicais e agenciamento de artistas. Hoje a empresa tem uma filial em São Paulo, com um escritório comandado pela sócia Giselle Kfuri que reside na cidade. Suas sócias, Solange Kafuri e Giselle Kfuri, atuam no mercado de produção e criação de projetos desde 1988. Além da criação e produção de diversos shows e eventos, a empresa agencia alguns artistas da MPB entre eles: Roberto Menescal, Marcos Valle, João Donato, e outros, com quem realiza diferentes espetáculos no Brasil e no exterior.
Humberto Braga - Profissional de Artes Cênicas - Diretor de Produção capacitado no Sindicato de Artistas e Técnicos do Rio de Janeiro, atua no campo cultural e artístico há mais de trinta anos Exerceu a função em diversos projetos no CCBB, do Rio, de Belo Horizonte - Bom de se Ouvir bom de Aldira, em 2014, em Brasília - Dois prá lá Dois prá cá, no CCBB itinerante em diversas capitais do país. Ministra cursos de Perspectivas do Ator e Empreendedorismo na Casa de Artes de Laranjeiras - CAL.
Denise Grimming - Produtora cultural desde 76. Até 81 atuou em mais de 20 filmes de curta e longa-metragem, como roteirista, na direção ou na produção. De 79 a 86 coordena, administra e faz assistência de direção de mais de 50 duplas de artistas para o Projeto Pixinguinha - FUNARTE. Fez a produção e direção artística das casas Jazzmania (92/95) e do Rio Jazz Club (93/94). Foi produtora executiva das exposições Picasso-Anos de Guerra (99), Esculturas Monumentais Européias (99), Viver-François Marie Banier (99) e Mostra Surrealismo (CCBB-RJ, 2001), Por Ti América (CCBBs RJ, SP e Brasília 2005-2006), da obra Nuvem - IluminaRIo (outubro 2008). Fez a Produção técnica do show Sempre Bossa Nova-50 Anos Depois. Atualmente presta serviços de gestão cultural ao Festival Anima Mundi desde 2002, Aprazível Edições, entre outros.
Irlan Rocha Lima - mediador das palestras - Um dos mais importantes jornalistas de Cultura do DF. Trabalha no Correio Braziliense desde os anos 1970, dedicando-se, sobretudo, às coberturas musicais. Há mais de 35 anos escrevendo em jornais acompanha de perto o que acontece na música brasileira. E também viu nascer e fazer sucesso em todo o país artistas e bandas brasilienses. O jornalista já entrevistou grandes nomes do samba, como Cartola, Nelson Cavaquinho, Clementina de Jesus, Chico Buarque e Paulinho da Viola.
Pedro Sobrinho (Pedro Só) - mediador das palestras - Como jornalista conta no seu currículo atividades como repórter do JB, editor da Bizz e da revista Billboard. Participa de diversos eventos sobre música, dentre eles o Seminário Integração pela Musica. Acompanhou os Paralamas do Sucessos em viagem feita pela América do Sul, especialmente no Uruguai e Argentina resultando numa entrevista sobre o trabalho deste grupo artístico.

Semana do Bebê em Colatina/ES no mês de novembro

A Semana do Bebê será realizada em Colatina no período de 9 a 13 de novembro com uma programação repleta de atividades pedagógicas, artísticas e de saúde, visando a mobilização em favor dos direitos das crianças na Primeira Infância. O evento é uma realização da Prefeitura, por meio das secretarias municipais de Assistência Social, Trabalho e Cidadania (Semas), Saúde (Semus), Educação (Semed), Cultura, Esportes e Lazer (Semcel) e conselhos municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e Tutelar (CT).
De acordo com o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância e a Adolescência) - órgão da Organização das Nações Unidas (ONU) -, o tema deste ano do seminário, que é realizado na Semana do Bebê para médicos, enfermeiros e agentes de saúde da Família, é “Parto Normal, a Paternidade e o Parto Humanizado”, e o filme escolhido para 2015 é “Renascimento do Parto”.
Dentro do tema principal serão desenvolvidos os subtemas ”O Contato pele e pele” e “A amamentação e o Canguru”.Também serão abordados assuntos como “Métodos não farmacológicos para alívio da dor no parto normal” , “A importância da presença do pai no momento do parto”, “Aspectos legais das licenças maternidade e paternidade”, “Vacinas” e “Os primeiros cuidados: vacinas, Teste do Pezinho e higiene do bebê”.
Iniciativa
Os seis primeiros anos de vida são fundamentais para o desenvolvimento integral de meninos e meninas. Nessa fase da vida, a criança desenvolve grande parte do potencial cognitivo que terá quando adulto. Por isso, representa uma janela de oportunidades. A atenção integral nessa faixa etária tem impacto decisivo nos processos de aprendizagem e de construção de relações sociais, fatores que influenciarão a vida afetiva, profissional e social.
A iniciativa da criação da Semana do Bebê como evento importante para a atenção à criança nos primeiros anos de vida, foi de um grupo de pessoas da cidade gaúcha de Canela, que realizou a primeira edição em 2010, com o apoio do Unicef, que entende que a disseminação do evento em todo o país reforça a importância do “Compromisso com a sobrevivência infantil: uma promessa renovada”.
A Semana do Bebê é uma estratégia de mobilização social, de políticas públicas em favor dos direitos das crianças na Primeira Infância, que tem como objetivo tornar o direito à sobrevivência e ao desenvolvimento de crianças de 0 a 6 anos, prioridade na agenda dos municípios brasileiros. A ideia é incentivar os municípios a realizar, durante uma semana, uma grande mobilização, por meio de oficinas, cursos, palestras e atividades culturais e artísticas.
O interesse do Unicef é em apoio à estratégia “Toda Mulher Toda Criança”, lançada em 2010 pela ONU, cujo objetivo é acelerar os esforços dos governos e da sociedade de reduzir as mortes evitáveis de crianças de até seis anos, com ênfase nos primeiros dias de vida.
O Selo Unicef Município Aprovado, criado pelo Unicef, é um reconhecimento internacional que um município recebe pelo desenvolvimento de políticas públicas voltadas a qualidade de vida das crianças e adolescentes. Colatina recebeu esse reconhecimento na edição de 2009/2012 e está trabalhando para adquirir o reconhecimento também nessa edição 2013/2016. (19/08/2015)

Fonte: http://www.colatina.es.gov.br

domingo, 23 de agosto de 2015

ÁGUAS PLUVIAIS: IPT lança manual de captação de água de chuva

Cartilha é voltada aos cidadãos comuns e traz dicas de tratamento e armazenagem
O IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) lançou um manual com dicas de captação de água de chuva para o cidadão comum. A cartilha contempla todas as etapas, da captação à utilização da água de chuva, e oferece à população orientações para melhorar a qualidade dessa água, apresentando as boas práticas para a sua captação, armazenamento e utilização doméstica.
O material, lançado em comemoração ao Dia Mundial da Água, no dia 22 de março, é direcionado às famílias que vivem situações emergenciais e dissemina uma técnica relativamente simples, mas que respeita os requisitos que garantem o funcionamento do sistema e, principalmente, assegura a qualidade da água coletada.
Apesar de ser uma técnica relativamente simples, o aproveitamento da água de chuva possui requisitos mínimos que devem ser respeitados. O principal alerta da cartilha é a necessidade do descarte da água da primeira chuva, responsável pela lavagem da atmosfera e dos contaminantes presentes na superfície dos telhados. "Recomenda-se o descarte de dois litros de água para cada metro quadrado de área de telhado utilizado para captação, o que corresponde aos dois primeiros milímetros de precipitação. É também fortemente recomendada a filtragem dessa água, mesmo que de maneira simplificada, com a utilização de um filtro de malha do tipo de coador de chá", explica o engenheiro Luciano Zanella, pesquisador do IPT e autor do manual.
Fonte: Do Portal do Governo do Estado de SP :   WWW.SAOPAULO.SP.GOV.BR
O conteúdo está disponível gratuitamente e pode ser acessado aqui.

HUMOR NO BLOG WWW.REPORTERPAULOMACIEL.BLOGSPOT.COM

Texto e pesquisa: Paulo R. Maciel para o blog www.reporterpaulomaciel.blogspot.com

TRAGICÔMICO Sobre o famigerado plano político-pedagógico-ideológico de implantar nas escolas infantis a tal da “Ideologia de Gênero” (em que querem que a própria criança defina a sua sexualidade), um palestrante fez na TV uma hilária comparação desta situação com um hipotético e inofensivo pezinho de planta. Disse que é como se plantássemos um pé de manga e quando saísse a mudinha da planta, propuséssemos a ela: - Daqui pra frente você quer continuar sendo manga ou prefere ser caju?
...
MUDANÇA Cantor veterano já meio gordo atualmente, observa e fala saudosa e jocosamente da fotografia onde aparece bem mais moço, cabeludo e magro na capa do antigo LP (Long Playing): - Nesse LP estou com o ‘corpitcho’ que Deus me deu; e o corpo que apresento agora é aquele que adquiri com as mazelas do mundo.
...
TEMPO Homem na meia idade, pressentindo que o tempo avança e o corpo já não é mais o mesmo, faz o seu próprio diagnóstico: - Hoje ainda eu sou um tigrão, e sinto que daqui a alguns anos continuarei sendo um tigre ... Só que ... já me vejo como um tigre DE BENGALA!
... 
CRISE Uma consumidora brasileira, reconhecendo que a crise econômica brasileira tá muito “braba”, diz: - Quem até há bem pouco tempo comprava por prazer, agora só compra,  “e olhe lá!!!”, por extrema e absoluta necessidade!
...
DILEMA Um jogador de futebol, mais precisamente um centroavante, que não pula, não grita, não comemora quando faz um gol em campo, justificou sua atitude parcimoniosa: - Por acaso o carteiro comemora quando entrega uma carta? 
...
FUNÇÃO Um médico justifica por que a religião não pode interferir no tratamento de doentes em hospitais, como a proibição de transfusão de sangue: - Hospital é local para salvar o CORPO de alguém e não para salvar a ALMA...
...
WWW Hoje em dia o indivíduo que não gosta ou não entende nada de INTERNET é um “analfaBITE”.
...
PRECOCE Definição que alguns dão para a pessoa que morre muito jovem, como tem ocorrido ultimamente, seja por acidentes de trânsito, consumo de drogas ou criminalidade: - Ela partiu antes do combinado.
Infelizmente isso vem acontecendo mais do que a gente percebe.
...
SANTO LAR? Dois religiosos conversam acaloradamente: - Eu procuro seguir a minha  religião, ser bom com o próximo e peço para Jesus VISITAR minha casa... E o outro, querendo mostrar que é mais fervoroso: - Pois eu faço muito mais, não peço somente para Jesus VISITAR minha casa, peço para Ele se HOSPEDAR em minha casa. O primeiro volta a falar, deixando seu colega intrigado: – E, sabendo que Jesus está HOSPEDADO em sua casa, será que você pode ver com Ele a novela que passa na sua TV? Você vê com Ele o filme que está no seu DVD-Player? Tudo o que você faz em sua casa é possível compartilhar com Jesus???!!!
...
CRISE O país vivia uma crise econômica danada. Muita gente estava chorando pelas ruas. Até que um cara mais resistente, observando aquele punhado de olhos lacrimejando, teve uma grande idéia para aproveitar-se da crise: começou a vender lenços.
...
PROFISSÃO Num velório uma frequentadora observa que o caixão está coberto com a imagem de um grande coração vermelho. Ela pergunta o porquê daquela ilustração. A viúva justifica que o seu marido era cardiologista. Aí a visitante então diz: - Nossa, quando meu marido morrer, não vou poder fazer isso! – Por que não? – Porque ele é urologista!!!
...
GALOTO MALOTO Na escola, a professora explica sobre o benefício das plantas para a saúde e em dado momento pergunta pro Cebolinha desses tempos atuais de crianças prodígias: - Cebolinha, você já comeu acelga? E ele responde: Nem a celga, nem a mulda, nem a sulda...
...
DEBATE Dois cidadãos comentam sobre a situação do Brasil no atual momento de crise: - É que por aqui tá cheio de político mas falta estadista. Aí um pergunta pro outro: - E qual é a diferença do político pro estadista? – É que O POLÍTICO só pensa nas próximas ELEIÇÕES. Já o ESTADISTA pensa nas próximas GERAÇÕES...
...
APARÊNCIAS Nem tudo que parece é ... EQUOTERAPIA não o tratamento por meio da ecologia e sim por meio de cavalos (equinos).
...
PRUDÊNCIA Um músico muito famoso e “gozador” fez um alerta para sua família sobre a aproximação em sua casa de alguns fãs também pertencentes à área musical: - Começa assim como fã, vira colega, transforma-se em amigo e no final acaba sendo concorrente ...
...
DUAS VISÕES Dois caras jogando conversa fora: - Você sabe qual a diferença do otimista pro pessimista? – Não. – É que o pessimista diz: “Se alguém já fez, PRA QUE vou fazer? E se ninguém fez, COMO vou fazer?” – E o otimista? – O otimista diz: “Se alguém já fez, eu TAMBÉM posso fazer! E se ninguém fez, EU vou TENTAR fazer!”
...
MODERNIDADE Há algum tempo atrás, nos BONS TEMPOS, ouvia-se o homem cantar para a mulher: “Como é grande o meu amor por você.” E a mulher cantar para o homem: “Ah, eu quero a rosa mais linda que houver.” E nos dias de hoje ouve-se o homem cantar para o homem: “O jeito é dar uma fugidinha com você.” E a mulher cantar para a mulher: “Ah se eu te pego, ai, ai, ai, se eu te pego.”
...

TOLERÂNCIA Na Parada GLBT, em Belo Horizonte/MG, um casal heterossexual que estava presente posicionou-se sobre o evento: - Devemos lutar pela INTEGRAÇÃO e não pela SEGREGAÇÃO. 

sábado, 22 de agosto de 2015

Cade celebra acordo com construtora Camargo Corrêa na investigação de cartel em licitações da Petrobras

O Tribunal do Conselho Administrativo de Defesa Econômica – Cade homologou, na sessão de julgamento de quarta-feira (19/08/2015), Termo de Compromisso de Cessação – TCC  assinado com a empresa Construções e Comércio Camargo Corrêa S/A – CCCC e dois ex-funcionários, Dalton dos Santos Avancini (ex-presidente) e Eduardo Hermelino Leite (ex-vice presidente), em procedimento que apura a ocorrência de cartel no mercado de obras civis e de montagem industrial no setor de óleo e gás onshore no Brasil, em licitações da Petróleo Brasileiro S/A – Petrobras. O acordo foi negociado pela Superintendência-Geral – SG/Cade.
Pelo acordo, deverá ser paga contribuição pecuniária de mais de R$ 104 milhões, a maior já estabelecida no âmbito de um TCC firmado com o Cade.
A investigação deste cartel pelo Cade, inserida no âmbito da “Operação Lava Jato”, ocorre por meio de inquérito administrativo em curso na SG/Cade, e foi subsidiada pela celebração, em março de 2015, de acordo de leniência com a Setal Engenharia e Construções, a SOG Óleo e Gás e pessoas físicas funcionários do grupo Setal/SOG. O acordo foi celebrado em conjunto com o Ministério Público Federal do Paraná – MPF/PR (“Força-Tarefa da Operação Lava Jato”). As contribuições trazidas pela leniência apontaram indícios de cartel em licitações da Petrobras envolvendo diversas construtoras, entre elas a Setal/SOG e a CCCC.
O acordo de leniência, previsto no art. 86 da Lei 12.529/11, é um instrumento disponível apenas para a primeira empresa proponente, que deve cessar seu envolvimento na conduta, confessar o ilícito e cooperar plena e permanentemente com as investigações, identificando os demais envolvidos e apresentando provas e informações relevantes que comprovem a infração. A leniência pode beneficiar os signatários com a extinção da punição administrativa no âmbito do Cade, e é assinada em conjunto com o Ministério Público, trazendo o benefício de imunidade total ou parcial também na esfera penal. 
O TCC, por sua vez, previsto no art. 85 da Lei 12.529/11 e no art. 185 do Regimento Interno do Cade – RICADE, é um tipo de acordo disponível aos demais representados na investigação que não se qualificaram à celebração da leniência. Neste termo são exigidas, nos casos de cartel, obrigações semelhantes àquelas estabelecidas para a leniência, ou seja, que os compromissários cessem seu envolvimento no ilícito, reconheçam participação na conduta investigada e colaborem de forma efetiva com as investigações. 
No entanto, ao contrário da leniência, o TCC não confere aos signatários benefícios na esfera penal, nem permite a extinção completa da punição no âmbito do Cade, sendo obrigatório o pagamento de uma contribuição pecuniária ao Fundo de Defesa de Direitos Difusos. De acordo com o art. 187 do RICADE, a primeira empresa a propor um TCC ao Cade, desde que cumpra os requisitos estabelecidos, é beneficiada, a depender de sua colaboração, com uma redução de 30% a 50% na multa que seria imposta. 

Fonte e mais informações: Assessoria de Comunicação Social - http://www.cade.gov.br

Contarato anuncia redução de taxas e deixa Detran do ES para tratar saúde

Governador encaminha para a Ales proposta de redução no valor da taxa para renovação da CNH para idoso. Contarato deixa o cargo para tratamento de saúde
Em coletiva na tarde de sexta-feira (21/08/2015), o diretor geral do Departamento Estadual do Espírito Santo (Detran|ES), Fabiano Contarato, divulgou que o governador Paulo Hartung acatou e encaminhou para a Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) a proposta de redução, em 54%, no valor da taxa para renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para pessoas com idade a partir de 65 anos no Estado.
Hoje, a taxa tem o valor de R$ 188,10, e passará para R$ 90,28 a partir de janeiro de 2016. É importante destacar que os motoristas idosos precisam renovar a carteira de habilitação de três em três anos. Com essa redução o órgão deixará de arrecadar cerca de R$ 752.000,00, visto que são renovadas, anualmente, em torno de 12.500 habilitações de motoristas nessa faixa etária.
Outra proposta encaminhada para a Ales diz respeito à redução da taxa de Licenciamento para veículos furtados ou roubados. Atualmente, mesmo em caso de roubo ou furto, o proprietário paga integralmente o valor de R$ 128,98. Com a nova proposta, o valor passará a ser proporcional à posse do veículo. A isenção será relativa ao período compreendido entre a ocorrência do fato até a devolução do veículo ao proprietário. Por exemplo, se o cidadão teve seu carro furtado, e ficou sem ele por seis meses, somente pagará o Licenciamento no valor de R$ 64,49, ou seja, metade da tarifa. No início do mês de julho, o Detran|ES já havia anunciado a redução de 20% na tarifa da Renovação da CNH para a população em geral. A partir do próximo ano, a taxa será de R$ 150,48.
Exoneração
Ainda, durante a coletiva de imprensa, o diretor geral anunciou seu afastamento do órgão para tratamento de saúde. A exoneração a pedido do próprio Contarato deve ser publicada no Diário Oficial nesta segunda-feira (24/08/2015).  Fabiano Contarato, que tomou posse como diretor geral do Detran|ES no dia 02 de janeiro, colocou o cargo à disposição do governador. “É com pesar que tomo essa atitude devido a um problema de saúde. Eu tenho uma doença chamada osteonecrose, que atinge a cabeça do fêmur e causa dor intensa na região do quadril e, por recomendação médica, preciso me afastar. Por questão ética, peço a exoneração por compreender que ocupo um cargo comissionado. Quanto a quem vai assumir, ainda não sei. Quem vai decidir é o governador. Agradeço a todos que integraram a equipe e peço orações pela minha saúde”, disse.
Fonte  e informações à Imprensa: Assessoria de Comunicação do Detran|ES  - Christiano Mattos -  3137-2627 / 99943-7060 – christiano.mattos@detran.es.gov.br  - Fabricia Borges - 3137-2627 – fabricia.ruy@detran.es.gov.br  -  Zu Coelho -  3137-2627 –zulmira.saldanha@detran.es.gov.br -  Texto: Christiano Mattos, Fabricia Borges e Zu Coelho.

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

RESSOCIALIZAÇÃO:Pastoral da Sobriedade leva autoajuda a detentos de Colatina/ES

Texto: Paulo R. Maciel para o blog WWW.REPORTERPAULOMACIEL.BLOGSPOT.COM

A Pastoral da Sobriedade – grupo de autoajuda da Catedral do Sagrado Coração de Jesus, de Colatina – promoveu a terceira reunião com detentos da Penitenciária Semiaberta Masculina de Colatina (PSMCOL), localizada no bairro IBC. Mais de vinte internos da unidade participaram da palestra e dinâmica de grupo, onde foi abordado o segundo passo do Programa da Pastoral, o “Confiar”. Três deles demonstraram seus dons artísticos ao cantar e tocar violão durante a sessão de oração, espiritualidade e louvor a Deus. Em um dos momentos da reunião, cada um dos participantes teve a oportunidade de falar sobre como Deus age em sua vida e quais as suas expectativas para o futuro. O objetivo do grupo católico de autoajuda a dependentes químicos é dar também a sua parcela de contribuição no conjunto de medidas que visam à ressocialização dos apenados. Logo na entrada da unidade prisional, uma frase chama à reflexão de todos que visitam o local: “Hoje o preso está contido; amanhã estará contigo.” A primeira reunião com os detentos ocorreu tempos atrás no sentido de apresentar o projeto, e a segunda veio logo depois com a ministração do primeiro passo, o “Admitir”. Essa terceira palestra ocorreu na tarde de quinta-feira (20/08/2015). A Pastoral da Sobriedade é um grupo da Igreja Católica que atua em várias paróquias pelo país e visa, acima de tudo, levar espiritualidade àqueles que buscam autoajuda para se livrar de vícios e outras dependências (tabagismo, alcoolismo, drogadição, gula...), principalmente as químicas. As sessões são acessíveis a todas as pessoas  independentemente de qualquer denominação religiosa . Os codependentes  (familiares ou não) também são muito bem recebidos.  A cada reunião semanal é aplicado um dos doze passos do “Programa de Vida Nova”, em um local pré-determinado nas diferentes comunidades da Igreja. Essa pastoral foi implantada em Colatina pelo hoje bispo emérito Dom Décio Sossai Zandonade.  

DESEMPREGO: Em julho, taxa de desocupação foi de 7,5%

Indicador / períodoJULHO
de 2015
Junho
de 2015
Julho
de 2014
Taxa de desocupação
7,5%
6,9%
4,9%
Rendimento real habitual
R$ 2.170,70
R$ 2.163,54
R$ 2.223,87
Valor do rendimento em relação a
0,3%
-2,4%
taxa de desocupação (7,5%) ficou 0,6 ponto percentual acima de junho (6,9%) e subiu 2,6 pontos percentuais em relação a julho de 2014 (4,9%). Essa foi a taxa de desocupação mais elevada para um mês de julho desde 2009 (8,0%).
população desocupada (1,8 milhão de pessoas) cresceu 9,4% (mais 158 mil pessoas) em comparação com junho e subiu 56,0% (mais 662 mil pessoas em busca de trabalho) em relação a julho de 2014.
população ocupada (22,8 milhões) no conjunto das seis regiões em julho de 2015 ficou estatisticamente estável em ambas as comparações. A população não economicamente ativa (19,3 milhões de pessoas) manteve-se estável em ambas as comparações.
O número de trabalhadores com carteira de trabalho assinada no setor privado (11,3 milhões) recuou 1,5% na comparação mensal e caiu 3,1% (menos 359 mil pessoas com carteira assinada) no ano.
rendimento médio real habitual dos trabalhadores (R$ 2.170,70) ficou estatisticamente estável frente a junho (R$ 2.163,54) e recuou 2,4% em relação a julho de 2014 (R$ 2.223,87).
massa de rendimento médio real habitual dos ocupados (R$ 49,9 bilhões) em julho de 2015 ficou estatisticamente estável frente a junho e recuou 3,5% na comparação anual. A massa de rendimento médio real efetivo dos ocupados (R$ 50,2 bilhões) em junho de 2015 ficou estatisticamente estável frente a maio e recuou 3,1% frente a junho de 2014.
A Pesquisa Mensal de Emprego (PME) é realizada em seis regiões metropolitanas (Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre) e sua publicação completa pode ser acessada aqui .
Fonte: http://www.ibge.gov.br

No STF: Ação pede antecipação de 13º salário a aposentados e pensionistas do INSS

O Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos da Força Sindical (Sindnapi) ajuizou no Supremo Tribunal Federal (STF) a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 363, com pedido de medida liminar, solicitando que o governo federal seja obrigado a antecipar o pagamento da primeira parcela do 13º salário. Na ação, o sindicato argumenta que o Poder Executivo e as entidades sindicais celebraram um acordo com a finalidade de antecipar o pagamento no benefício no mês de agosto e que, até o presente momento, o governo federal não deu andamento ao decreto para liberar a antecipação da primeira parcela da gratificação. “O acordo que garante a antecipação do abono salarial vem sendo cumprido desde 2006, inclusive de forma tácita, desde 2010, de modo que já incorporou o patrimônio jurídico destes se tornando um direto adquirido, conforme artigo 5º, XXXVI, da Constituição Federal”, diz o Sindinapi. A ADPF 363 pede, liminarmente, que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) seja compelido ao pagamento da antecipação do abono salarial dos aposentados e pensionistas do regime geral de previdência social, uma vez que “grande parte deles já negociou junto às instituições financeiras a antecipação do benefício”. No mérito, a ação pede que o STF dê à Lei 4.749/1965 e ao Decreto 57.155/1965, que regulamentam o pagamento de gratificação de Natal a trabalhadores, interpretação conforme a Constituição, “de modo a declarar, à luz dos preceitos fundamentais, que o acordo celebrado entre o Poder Executivo e as entidades representativas dos aposentados e pensionistas tem eficácia plena e, portanto, tem aplicabilidade imediata”. O relator da ADPF é o ministro Celso de Mello. Fonte: http://www.stf.jus.br  -  Notícias STF - (20/08/2015) -  FS/CR

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Filogônio Barbosa apresenta exposição Formas & Cores na Casa de Cultura de Colatina/ES


Casa da Cultura  - O artista plástico Filogônio Barbosa de Aguilar realiza a partir desta quarta-feira (19/08/2015), pela segunda vez em Colatina, a Exposição Formas & Cores, promovida pela Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Esporte (Semcel), marcando a reabertura da Casa da Cultura e o aniversário de 94 anos de emancipação política do município. A abertura oficial foi às 19 horas com a participação do prefeito Leonardo Deputlski e de outras autoridades. É grande a expectativa para a visitação pública nos nove dias de exposição, que vai ficar até no dia 28 deste mês, de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas. A maior expectativa é voltada para os estudantes, para que eles possam ter a oportunidade de visitar a mostra através de suas escolas, e principalmente conhecer e conversar com o artista. LivroTambém na quarta-feira no mesmo espaço, “Filó”, como é conhecido, lançou o seu sexto livro “A Bola do Juízo: Bom humor e trabalho resolvem dificuldades e prolongam a vida”. As ilustrações são do próprio autor, o apoio cultural é do Sincades (Instituto de Ação Social e Cultural) e a realização é do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Biblioteca Pública do Espírito Santo (BPES). A obra tem 251 páginas e 35 capítulos: A Bola do Juízo, O equinocídio, O pescador pescado, Pedido de casamento, O joelho do Polidório, O turco e o papagaio, O ovo misterioso, O astronauta, A raiz milagrosa, O rival do diabo, O achado, El Sabadin de las taquaras, A carta e a vaca, O demagogo, O retrato da onça, Um fantasma no guarda-roupa, O enxoval da noiva, O pregador, O beijinho doce, O cliente, A arapuca, O azar do Azarino, Chiquita Bacana, O repentista, Procura-se o avião, A viagem espacial, A empresa, O interrogatório, Caifás Século XX, O improviso, Cão versus cachorro, O apito de ouro, A raposa encantada, O pescador de tatu e Faltava um João. A apresentação do livro ficou por conta do professor e escritor colatinense Olney Braga, que diz: “Falar de Filogônio e sua arte é muito fácil, porquanto, nele, a criatividade e a perfeição são dignas de nota. Nesta obra, inédita na sua concepção e execução, o grande mestre alia a sua veia de grande escritor à de inigualável artista plástico”.
Ofícios variados - As duas paixões de Filó começaram em épocas muito distintas. O interesse pela pintura surgiu mais cedo, ainda menino, aos 14 anos, e logo aos 16 ele realizou a sua primeira exposição. A partir daí suas telas multiplicaram-se e somando em toda a sua trajetória de 67 anos de pincéis e tintas elas já chegam a 5 mil, e mostradas em exposições nacionais e internacionais realizadas no Brasil e em diversos países de outros continentes. As obras revelam linhas tradicionais e ao mesmo tempo modernas, com técnica voltada para óleo sobre tela, acrílica sobre eucatex e murais, sempre entre o impressionismo e o surrealismo, o sacro e o profano, sempre utilizando uma imensa variedade de diferentes e intensos tons de cores. Admiradores - Na visão dos apreciadores de sua arte, elas apresentam uma profundidade de detalhes, traços e impressões únicos e reveladores, que exigem olhares fixos pelas exuberâncias das cores e contornos. Revelam a sensibilidade do pintor e sua cumplicidade com as próprias ideias que transforma em arte e transporta para quem a aprecia. Tudo puro encantamento. Ciente de que suas obras espalharam-se pelo mundo, Filó, 81 anos (10 de junho de 1934) resolveu homenagear e premiar Colatina, para que a cidade que o adotou há 56 anos, quando veio de Malacacheta (MG), nunca o esqueça. Produziu 23 telas com cenas do Velho e do Novo Testamento e doou à loja Maçônica Nilo Peçanha, para serem expostas à visitação pública. “É para Colatina, que me recebeu de braços abertos há 56 anos e cidade que tanto gosto e onde constitui família”, revela. Casado com Nayde Lempê e viúvo há oito anos, ele é pai de Elpídio, Moema, Jane, Adelina, Beatriz e Ellen. ProfessorTanto as artes plásticas quanto a literatura foram intensamente praticadas por Filó, enquanto que ele, formado em Letras pela então Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Colatina (Fafic), exercia sua profissão de professor de Língua Portuguesa, Redação e Expressão, Literatura Brasileira e Educação Artística na então Escola Agrotécnica Federal, hoje Ifes (Instituto Federal do Espírito Santo). Artes - A intimidade com as letras como professor foi a inspiração para que ele escrevesse romances, contos e poesias, iniciando uma coleção de obras literárias. Antes de “A Bola do Juízo”, escreveu os romances “Os Náufragos da Esperança”, “Os Tripulantes da Noite”, “O Diamante Azul” e “Cinderela dos Cafezáis” e o poema “Pássaro Dourado”. Ainda neste ano ele estará lançando “As Fofocas da Hélade Perdida”, uma sátira sobre a mitologia grega. O oitavo livro, “O Justiceiro da Roda D´água”, também sobre a mitologia grega, já está a caminho. O artista plástico e escritor também se aventurou no teatro. Conta que foi o primeiro a fazer teatro de Via Sacra em Colatina. “Foi na década de 60 no Grupo de Teatro São Vicente de Paulo. Começamos a apresentar no estádio e depois fomos para o Cine Idelmar. Quando eu parei de fazer, o pessoal de São Roque começou aquele teatro aberto que ficou famoso”. DramaturgiaEle conta também que fez muito teatro infantil: “Fazia no quintal da minha casa no bairro Lacê. Os atores eram meus próprios filhos e os filhos dos meus vizinhos. Montava belos cenários. Fiz inclusive com meninos de rua. Fazíamos 'Branca de Neve', 'Chapeuzinho Vermelho', 'O Lobo Mau' e muitas outras peças bacanas”. Para adultos Filó montou as peças: “O Céu uniu dois Corações”, A Herança da Baronesa”, “O Último Natal”, “A Força do Perdão”, “Lágrimas de um Homem”, “O Conde de Montecristo”, “Sinhá Moça Chorou”, “Os dois Sargentos”, “Esta Noite Choveu Prata”, “O Marido da Deputada” , “Dona Xepa”, “O Corceu de Paris”, “Um Juramento a Longo Prazo”, “Via Crucis”, entre outras. O Cine Idelmar e a Escola Agrotécnica eram os locais mais usados para as apresentações. Trabalhou com vários atores colatinenses. Entre eles, Adolfo Alves da Silva, Cornélio França Melo, Dailton Magnago, Maria Luisa Fiorotti, Justina Primo, Célia Caliman, Aroldo Antolini, Almira Guaitolini, José Aguilar Lorenzutti, Eriberto Montes, Edinho Simonassi e Maria Luisa Cappi.
Fonte: www.colatina.es.gov.br