quarta-feira, 28 de abril de 2010

Lançados na Chácara da Brigite, em Colatina, o CD e o DVD de Paulo Maciel, titular do blog reporterpaulomaciel.blogspot.com



O CD e DVD do titular deste blog (Paulo Roberto Maciel, ou Paulo Maciel, como é mais conhecido) foram lançados no domingo (18/04/2010) na Chácara da Brigite, localizada no bairro Santa Teresinha, em Colatina/ES. Com a presença de vários amigos, o dia foi muito animado com a exibição do DVD em TV de tela grande durante todo o dia.
A festa de lançamento da obra de Paulo Maciel foi regada a muita cerveja, churrasco e aquele almoço especial oferecido pelos donos da casa. Foi realmente um domingo gratificante para o locutor, que, após aposentar-se, realizou um sonho antigo de gravar suas músicas.
Uma das músicas de maior destaque foi Homem de Fé (Jesus), música feita em homenagem a Jesus Cristo. Mas outras também chamaram a atenção dos presentes, como "Ao Acordar", "Manipulável", "Paixão" e "Leninha".
O CD está à venda na Banca do Briel, localizada na Praça Municipal de Colatina, que fica no Centro da cidade. O preço sugerido é R$ 5,00. O objetivo do agora cantor e compositor, na verdade, é presentear os amigos, ouvinte e leitores com algo que fez com muito amor, carinho e dedicação.











sexta-feira, 16 de abril de 2010

CD e DVD do repórter e locutor Paulo Maciel. Com 11 músicas de sua autoria (Paulo Roberto Maciel), CD e DVD estão sendo lançados

Texto: Paulo Roberto Maciel

Meus amigos, meus leitores, meus ouvinte, é com muita alegria e emoção que anuncio o lançamento do meu primeiro CD e primeiro DVD, com a apresentação de onze músicas de minha autoria, algumas das quais compostas há mais de trinta anos. Foi um trabalho árduo, mas valeu a pena. Desde procurar estúdio de gravação (no caso foi gravado no Estúdio Favoritos), fazer as gravações iniciais com os violonistas Jarbas Gomes e Toneca, até chegar ao produto final foi uma tarefa que nunca tinha enfrentado antes. Depois de gravar em fita cassete no meu apartamento com Jarbas e na casa do Toneca, levei a fita para o estúdio. Lá passei para o tecladista José Luiz como eu queria que os arranjos fosse feitos. "Quero com metais, piston, trompete, clarineta, tipo samba-soul, ao estilo Tim Maia", lembro-me de ter dito ao Zé Luiz. Depois conversamos mais, ele fez os primeiros arranjos, me mostrou, eu aprovei, vieram os outros e, passo seguinte, coloquei a voz. Foi uma grande emoção ver o CD pronto. Paguei o valor acertado ao estúdio. Depois fui procurar fazer as cópias, selo e capa. Foi outra correria. Resolvi fazer também o DVD e acabei fechando contrato com a Vision Flash, do Armando Herculano. Me produzi todo de terno e gravata para a gravação e no dia combinado gravei de uma só vez o play-back (filmagen) para o DVD. Foi durante um sábado quente, na Fazenda Vitali. Em seguida posei para fotografias no Foto Líder, para figurarem na capa. Até que no dia 15 de abril o DVD foi concluído. Paguei e os levei para casa para conferir no aparelho as filmagens. Ficou muito bom, na minha opinião, para um primeiro trabalho dessa envergadura. Contratei os serviços do Steferson Sperandio (Officer - o Seu Escritório), para produzir o selo do CD e a reprodução das faixas do disco. Tudo foi concluído nesta sexta-feira, dia 16 de abril. As capinhas do CD ficaram por conta da Gráfica Comercial. Fez o pedido de registro da autoria da obra na Universidade Federal no Espírito Santo (Ufes). Obrigado a todos que me deram apoio. Obrigado ao Zé Luiz pelos arranjos musicais, obrigado ao Jarbas e Toneca pelas primeiras gravações ao violão no fim do ano passado e no início deste ano. Agradeço à minha família e a Deus e Jesus Cristo pela inspiração e pela minha vida. Há musicas que fiz há mais de trinta anos e só agora depois de aposentado da Rádio Difusora de Colatina é que pude realizar esse sonho. Pretendo colocar os discos à venda inicialmente na Banca do Briel, portanto, quem quiser conferir as onze faixas é só procurar. Agradeço de antemão àqueles que se interessarem pelo meu trabalho. São onze faixas: 1) Ao Acordar; 2) O Dia de Hoje; 3) Homem de Fé (Jesus); 4) Leninha; 5) Manipulável; 6) Mansão-Cativeiro; 7) Morena, Morena; 8) Paixão; 9) Peixe-Voador; 10) O Rei do Soul do Brasil; e 11) Vou Fazer um Samba.

Paulo Roberto Maciel/Paulo Maciel/Paulo

E-mail: paulomaciel2004@ig.com.br

Blog: reporterpaulomaciel.blogspot.com

Telefone: 9299-1683






Flamengo, Gol. Musica feita por Paulo Roberto Maciel para o Flamengo, seu primeiro time. O Palmeiras, o segundo time, em breve terá sua música também

video

Ponte Florentino Avidos e Rio Doce. Repórter Paulo Maciel filma na ponte, mostrando as belezas do Rio Doce, em Colatina/ES. Ao usar, dê crédito

video

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Notícias de Colatina: Provinha Brasil, Vila Literária, Seminário Conilon, Ceasa Noroeste, Fazenda da Esperança...





PROVINHA BRASIL SERÁ APLICADA EM ESCOLAS MUNICIPAIS

Os estudantes do 2º ano do ensino fundamental da Rede Municipal de Ensino realizarão nesta sexta-feira, em Colatina, a Provinha Brasil, instrumento de avaliação elaborado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), com o objetivo de diagnosticar o nível de alfabetização das crianças, após um ano de escolaridade. A provinha tem o intuito de oferecer aos gestores públicos e professores informações sobre o nível de alfabetização dos alunos, ainda no início do processo de aprendizagem, permitindo assim intervenções com vista à correção de possíveis insuficiências apresentadas nas áreas de leitura e escrita. No município a prova será realizada por alunos das 32 escolas da zona urbana e cerca de 43 escolas da zona rural no segundo ano. Este é o quarto ano da prova em todo Brasil.

5ª VILA LITERÁRIA SERÁ NESTE SÁBADO

Neste sábado, das 17h30 às 21h30, acontecerá a 5ª Vila Literária, na Praça Sol Poente, com várias atrações como oficinas, sucata, arte indígena (pintura em vasos de cerâmica) e origami; e também poemas, restauro de livro e a campanha "Adote um livro". Haverá também, pintura facial, bingo literário, visitação à casa do Sítio do Picapau Amarelo e um show de mágica e contação de histórias com o escritor capixaba Rodrigo Campaneli. A iniciativa do evento é da Prefeitura de Colatina, através da Secretaria de Educação, e faz parte do Projeto Colatina Cidade Leitora, reunindo alunos de escolas municipais, mas estará aberta a participação do público. Segundo a secretária Municipal de Educação, Maria Auxiliadora Torezani de Oliveira, nos últimos anos Colatina deu um salto importante na área cultural, graças à atuação da administração municipal. "A promoção de festivais, concursos de poesias, teatro e principalmente da leitura, vem proporcionando a todos a oportunidade de resgatar o hábito de ler e conhecer histórias e culturas diferentes. É uma forma de tirar os alunos dos muros da escola e levá-los ao mundo mágico da leitura", disse.

I SEMINÁRIO DE QUALIDADE DO CAFÉ CONILON EM COLATINA

A Prefeitura Municipal de Colatina, em parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aqüicultura e Pesca (Seag) e do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), realizam nesta quinta-feira, no Ifes (Instituto Federal de Ensino Tecnológico do Espírito Santo) campus Itapina, o I Seminário de Qualidade do Café Conilon. No seminário, pesquisadores e especialistas em cafeicultura irão abordar as tecnologias necessárias para se obter um produto de qualidade, além das vantagens mercadológicas para o produtor que apresenta um café diferenciado. A programação terá início às 8 horas, com a realização de um café da manhã. Às 9 horas, acontecerá uma palestra com o tema “Eficiência de Irrigação e Impactos na Sustentabilidade”, ministrada pelo engenheiro agrícola, pesquisador do Incaper e coordenador do Centro Capixaba de Meteorologia e Recursos Hídricos (Cecam), José Geraldo Ferreira da Silva. Em seguida, o presidente do Incaper, especialista em cafeicultura empresarial e degustação de cafés especiais, Evair Vieira de Melo, vai falar sobre “A Qualidade do Café”. O ciclo de palestras, com Carlos Renato Alvarenga Theodoro, representante da Cafesul (Cooperativa dos Cafeicultores do Sul do Estado do Espírito Santo), que vai falar sobre “Mercado de Sustentabilidade Econômica”, seguido de uma mesa redonda aberta para debates, e o anúncio da realização do 1º Concurso de Qualidade do Café Conilon em Colatina. “Com o início da safra do café Conilon no mês de abril, é importante que os produtores rurais estejam atentos às tecnologias indicadas pelo Incaper para esta etapa da produção”, afirma o engenheiro agrônomo do Incaper, José Carlos Grobério. Segundo ele, os principais enfoques da reunião são instruir os agricultores do município para o uso adequado da água no processo de irrigação e capacitá-los para melhorar a qualidade do fruto nas propriedades. “No seminário, os técnicos irão orientar os produtores sobre os métodos de secagem do café, chamando a atenção para o procedimento de operacionalização. Ainda assim, é importante que saibam do estágio de maturação do grão e quando se deve colher para se obter um produto de qualidade”, afirma o engenheiro agrônomo.
No município, o café Conilon é a principal atividade econômica. São aproximadamente 3.500 propriedades rurais e 80 produtores familiares. A área de produção em Colatina atinge cerca de 15 hectares, com produtividade média de 30 a 40 sacas por hectare. Os produtores que quiserem participar podem efetuar as inscrições até amanhã (dia do evento). A participação é gratuita. Para mais informações sobre o curso os interessados podem ligar para: (27) 3722 5996.

COINTER FAZ AVALIAÇÃO DOS CINCO MESES DA CEASA NOROESTE

Em reunião, na quarta-feira, os representantes dos municípios que formam o Cointer (Consórcio Intermunicipal) avaliaram como positivo os cinco meses de funcionamento da Ceasa Noroeste. Foram apresentados números que comprovam a evolução no volume de produtos comercializados neste período, apesar das dificuldades iniciais de sua implantação. Ao todo foram vendidas 3.098 toneladas de mercadorias. Segundo Marcos Antonio Magnago, técnico do setor de estatística da Ceasa/ES, os números mostram uma tendência de melhora, mas é preciso um maior envolvimento dos municípios e produtores da região. Disse que uma das principais dificuldades foi a de convencer produtores e comerciantes a fazerem da Ceasa o local de negociação. Além disto, em Colatina havia a cultura de realizar esta comercialização em caminhões que ficavam estacionados nas ruas centrais da cidade. O técnico afirmou que outra importante ação adotada são as visitas a produtores e comerciantes dos municípios vizinhos. Nestes encontros são mostradas as vantagens e as potencialidades da Ceasa Noroeste e o resultado esta sendo positivo, mas constatou a necessidade de aumentar o número de mercadorias para atender especialmente os grandes compradores. O coordenador da Ceasa Noroeste, Olmeris Auer, anunciou que na próxima segunda-feira, 20, haverá reunião com uma grande rede de supermercado, em Linhares, interessada em adquirir os produtos da Ceasa. Falou também que outras negociações estão sendo feitas, visando aumentar o volume de negócios, e que, produtores estão diversificando seus produtos e aumentando a área de plantio. Informou ainda que o governo do estado pretende calçar o pátio e ampliar a cobertura da área onde é feita a comercialização para dar maior conforto a todos. Também um carro será disponibilizado para facilitar o trabalho de visitas. A Ceasa Noroeste foi inaugurada no início de dezembro com objetivo de atender 2.400 produtores e 1.300 estabelecimentos da região. A administração é feita por um consórcio formado por 18 municípios, tendo como presidente o prefeito de Colatina, Leonardo Deptulski.
CENTRO E SÃO SILVANO TEM NOVO HORÁRIO DE COLETA DE LIXO

Moradores e comerciantes do centro da cidade e da Avenida Silvio Avidos, em São Silvano, estão sendo informados sobre o novo horário da coleta de lixo. Na tarde de hoje, o Sanear realizou no Calçadão da rua Geraldo Pereira um mutirão de conscientização e a entrega de panfleto contendo todas as informações sobre a mudança. A novidade da campanha é o apelo para que as pessoas separem o lixo seco do lixo úmido, com objetivo de facilitar a coleta e a reciclagem. O lixo seco é o que contém papel, garrafa, metal e plástico. Já o lixo úmido contém resto de comida, papel higiênico, entre outros. Pelo novo horário, a coleta acontecerá de segunda a sexta-feira, a partir das 17 horas, e no sábado, a partir das 13 horas. O Sanear chama atenção dos moradores para que observem os horários e as orientações fornecidas, pois, isto vai contribuir para um melhor aspecto nestes locais, além de evitar doenças e a proliferação do mosquito da dengue.

COLATINA TERÁ FAZENDA DA ESPERANÇA PARA TRATAR DEPENDENTES QUÍMICOS

A noite de terça-feira entrou para a história de Colatina, com a audiência pública, realizada na Câmara Municipal, às 19 horas, para a implantação de uma instituição de tratamento para a recuperação de dependentes de drogas. Será a Fazenda da Esperança, gerida pela Obra Social Nossa Senhora da Glória, ligada à Igreja Católica. A cerimônia contou com as participações do vice-governador Ricardo Ferraço, do prefeito Leonardo Deptulski, do bispo Dom Décio Zandonade, do presidente da Amunes (Associação dos Municípios do Espírito Santo), Gilson Amaro, de secretários municipais, lideranças políticas, religiosas, jurídicas, militares e comunitárias e ainda de dezenas de pessoas. O vereador Genivaldo Lievore conduziu os trabalhos, que foi dividido entre os discursos das autoridades, debates com os presentes, depoimentos e revelações de quem foi recuperado graças à Fazenda, fundada há 27 anos em Guaratinguetá (SP), e que hoje atua em mais de 60 locais em todo o Brasil e ainda em vários países. O padre Evaldo Ferreira fez um relato sobre o projeto, enfatizando que ele visa resgatar a auto-estima do cidadão e reintegrá-lo à sociedade. “No local ele vai participar de atividades agropecuárias, além do aprendizado de novas profissões. Cada interno poderá ficar até um ano na unidade. A instituição já ajudou a tirar das drogas 15 mil pessoas, nesse período de existência, apontando um índice de 80% de recuperação, com orientações dentro de três princípios básicos, como o trabalho, a família e a espiritualidade, a convivência com a palavra de Deus”. Segundo ele, não há interferência de medicamentos, na recuperação, e sim trabalho, oração e convivência familiar. “Contamos também, com a ajuda de profissionais, empresários e voluntários, e com um modelo auto- sustentável”. O vice-governador Ricardo Ferraço, disse que os poderes públicos e a sociedade estão conjuntamente, enfrentando um desafio, para um processo de recuperação e ressocialização. Ele informou que estão sendo montadas mais três Fazendas no Estado, Alegre, Guaçuí e Serra. “Colatina terá duas unidades, uma para os homens e outra para as mulheres. Os recursos estão disponíveis para a compra da área na zona rural, que esperamos adquirir até maio. Precisamos definir os valores. Esperamos que já tenhamos conseguido para começar as obras necessárias para acolhimento dos nossos irmãos, que com muita fé, possam retornar às suas famílias totalmente recuperadas. Frei Hans, que fica em Guaratinguetá, é muito criterioso e nós estamos conseguindo atender as premissas exigidas para implantar a Fazenda aqui”, disse Ferraço. O juiz Jaime Lievore afirmou que a Fazenda será muito necessária em Colatina também, numa realidade, que ele descreveu como “dura”, pois segundo ele, 80% dos que passam pelos presídios saem e acabam retornando a eles. “Nossa juventude está atrás das grades; o que é muito triste para a nossa sociedade. Ninguém é viciado porque quer. Na Fazenda da Esperança não tem que pagar, é o amor em primeiro lugar”. Ele também fez um apelo aos seus companheiros de profissão, para que trabalhem com um olhar social, e que reservem um pouco de seus tempos para que também realizem atividades de prevenção, em projetos que envolvam a juventude, para mantê-la longe das drogas. E falou de um projeto que participa no bairro Ayrton Senna, que está sendo desenvolvido em parceria com a Prefeitura, de atividades artísticas e esportivas, com crianças e adolescentes. Dom Décio disse que estava muito feliz com a implantação da unidade em Colatina, que a noite era muito especial para ele e para todos os colatinenses e moradores da região. “É uma graça de Deus. O dia de hoje entra para os calendários da minha vida e da igreja. Estou extremamente emocionado com esta conquista para o nosso povo”. A secretária Municipal de Assistência Social, Trabalho e Cidadania, Júlia Deptulski, disse “que 100% de dependentes químicos estão nas ruas, principalmente a juventude, pois a maior faixa está entre 12 e 18 anos de idade. Os nossos adolescentes estão se matando entre eles, por causa do crack No Brasil, as unidades para adolescentes nessa faixa são absurdas, não funcionam. São 10 anos conhecendo esta realidade aqui”. Ela ressaltou ainda a importância dos trabalhos de espiritualidade e também da equipe de profissionais para a recuperação dos dependentes. O prefeito Leonardo Deptulski disse que a Câmara Municipal e todas as pessoas presentes, estavam colocando os seus nomes de uma maneira muito bonita, fazendo parte de um fato marcante para o município e a região. “Concordo com o juiz Jaime Lievore, quando ele diz que os juízes devem sair de suas salas para contribuir com atividades para a recuperação de vidas. Todos nós devemos nos envolver, porque é duro ver a sociedade civil lutando sozinha contra as drogas, contra o tráfico”, ressaltou. Para o prefeito, a Fazenda da Esperança “traz esperança para a nossa cidade. E nós só precisamos arrumar o espaço físico, pois a gestão já está pronta, para retirar as pessoas do flagelo das drogas. Agradeço a todos vocês que estão se entregando a este projeto de vida. Colatina se orgulha muito da rede social que estamos construindo”. Ele frisou ainda, que existe um preconceito muito grande com as pessoas que usam drogas. “A sociedade tem a cultura de querer ver presas as pessoas que usam drogas, mas nós precisamos mudar essa cultura para a cultura do acolhimento, do amor, do ajudar o outro, do contribuir. E se é possível construirmos uma Fazenda com acolhimento, amor, trabalho, dignidade, espiritualidade, podemos ter um mundo melhor para os nossos jovens e nossas famílias. E se Deus quiser, Colatina vai sair na frente, não para disputar, mas pela importância do projeto”, finalizou.

JARDIM PLANALTO E REGIÃO TERÃO CAMPO DE FUTEBOL SOCIETY

Crianças, adolescentes e adultos do bairro Jardim Planalto, e também dos bairros adjacentes, Moacir Brotas, Vista da Serra, Operário e Perpétuo Socorro, serão beneficiados com um campo de futebol society que o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Esportes, e a Prefeitura, estão implantando no local. É o projeto Bom de Bola que consiste no aproveitamento de áreas nas comunidades para desenvolver modalidades esportivas. Será construído numa área onde já existe uma quadra antiga, na praça local. O campo terá grama sintética, iluminação e alambrado, e tão logo fique pronto, a Prefeitura pretende promover competições da modalidade e implantar escolinhas que beneficie toda a região, para estimular a prática de esporte. A primeira intenção é realizar o Campeonato Municipal ainda neste ano.

SOS Haiti: Diocese de Colatina arrecada mais de R$ 60 mil. Cáritas Diocesana comemora 13 anos de história

Catedral Sagrado Coração de Jesus (Colatina)

Fonte: Diocese de Colatina.

Inserida por Paulo Roberto Maciel para o blog reporterpaulomaciel.blogspot.com

A Diocese de Colatina (ES) arrecadou mais de 60 mil reais para a Campanha SOS Haiti. Sob a iniciativa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) juntamente com a Cáritas Brasileira, a campanha foi lançada em janeiro com o objetivo de arrecadar donativos para os atingidos pelo terremoto que devastou o Haiti, no dia 12 de janeiro. A Diocese de Colatina apoiou a iniciativa e convidou suas comunidades a repassarem a oferta de alguma celebração de janeiro ao SOS Haiti. Os fiéis atenderam ao apelo e mostraram-se solidários. As doações em dinheiro foram depositadas diretamente nas contas bancárias abertas exclusivamente para a campanha. Os recursos estão sendo destinados às ações de reconstrução e recuperação das condições de vida do povo haitiano.

Cáritas Diocesana comemora 13 anos de história

A Cáritas Diocesana de Colatina (ES) completou 13 anos, no último domingo (11/4). Criada em 11 de abril de 1997, pelo então bispo de Colatina, dom Geraldo Lyrio Rocha, a entidade nasceu com a tarefa de consolidar e articular as obras sociais da Diocese de Colatina. Atualmente, a Cáritas é composta por 10 entidades-membro, além de apoiar cinco projetos sociais, beneficiando mais de oito mil pessoas, direta e indiretamente. A rede mantém filiais em 10 municípios da Diocese: Pancas, Baixo Guandu, São Roque do Canaã, Santa Teresa, João Neiva, Aracruz, Sooretama, Colatina, Linhares e Ibiraçu. Para 2010, estão previstos novos projetos voltados para a defesa dos direitos humanos e o desenvolvimento sustentável e solidário. A comemoração do aniversário da Cáritas será no dia 15 de maio, no Centro de Acolhida Maria Imaculada, em Sooretama. Na ocasião, a Cáritas irá reunir lideranças ligadas à entidade para estudarem documentos e avaliarem o atual Plano de Ação.

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Notícias de Colatina/ES. Ceasa Noroeste, Chuva, Calçadão, Idiomas, Colatina, CTE






Imagens da região rural atingida por tromba d´água

Inserida por Paulo Roberto Maciel para o blog reporterpaulomaciel.blogspot.com


CEASA NOROESTE FECHOU MÊS DE MARÇO COM NÚMEROS SATISFATÓRIOS

A Ceasa Noroeste fechou o mês de março com um quadro satisfatório, comparado aos primeiros meses do ano. O faturamento foi de 830.142,60 quilos contra 660.013 em janeiro e 598,519 em fevereiro. A movimentação registrou alta nas segundas-feiras, significando 52,9% do total do mês.
O coordenador da Ceasa Noroeste, Olmeris Auer, explicou que o crescimento do mês de março se deu devido ao aumento do número de produtores e compradores. “O mês foi muito satisfatório e a tendência é crescer a cada dia”, ressaltou.
APESAR DA CHUVA FORNECIMENTO DE ÁGUA PERMANECE NORMAL
O Serviço Colatinense de Meio Ambiente e Saneamento Ambiental (Sanear), informou na quarta-feira, dia 07, que as chuvas ocorridas nas noites de segunda e terça-feira não afetaram o abastecimento de água da cidade, que continua a operar normalmente, sem interrupções significativas.
De acordo com a direção do Sanear, tanto a captação, quanto a distribuição, estão em pleno funcionamento, operando na sua capacidade normal. O nível e a vazão de água para o sistema estão satisfatórios, havendo apenas alterações pontuais em alguns bairros da cidade.
No bairro Carlos Germano Naumann, o Sanear informou que houve interrupção do abastecimento, terça-feira, por volta das 9 horas, mas que o problema foi resolvido. A falha no abastecimento teria sido causada por uma manutenção na rede da região. Uma equipe de técnicos esteve no local e solucionou o problema restabelecendo o fornecimento ainda pela manhã.
Na manhã de hoje, houve paralisação em outros dois bairros para manutenção corretiva da rede. Dois pontos com problemas foram detectados no bairro Moacir Brotas e um no Ayrton Senna. As intervenções foram provocadas pela chuva dos dois últimos dias, mas a empresa informou que técnicos já foram para os locais e a previsão de regularização da rede é o final da tarde.
Alguns outros episódios pontuais localizados em residências, também foram registrados e atendidos prontamente pelo Sanear. A empresa informou que mesmo o sistema de captação e tratamento da água, que geralmente sofre quando há chuvas intensas, foi mantido sem alterações.
O Sanear pede aos usuários do sistema que informem sobre qualquer vazamento ou interrupção de abastecimento para que as providências sejam tomadas de forma imediata. O telefone para contato é 2102-4303 ou 2102-4304 ou ainda pelo telefone 0800-2839733.

PREFEITURA DESENVOLVE AÇÃO CONJUNTA NO CALÇADÃO

As Secretarias de Assistência Social, Saúde, Obras e o Serviço Colatinense de Meio Ambiente e Saneamento Ambiental (Sanear), desenvolveram uma ação conjunta para o atendimento dos moradores de rua e limpeza do novo trecho da Avenida Beira Rio e do calçadão da rua Geraldo Pereira.
De acordo com a secretária de Assistência Social, Maria Júlia Deptulski, a ação tem como objetivo minimizar os transtornos causados por moradores de rua. A secretária informou que está sendo feito um trabalho de identificação destes moradores, dentro do Programa de Abordagem de Rua. Os que têm família residente em Colatina serão encaminhados para casa, e os que são de outras cidades serão encaminhados para a Associação Jeriel.
A partir deste levantamento, a secretaria desenvolverá um processo de atendimento integral das famílias de acordo com as suas necessidades específicas. Segundo o relatório preliminar, até o meio dia de hoje, foram abordados aproximadamente 40 moradores de rua.
Já por parte do Sanear a atividade, durante todo o dia, será de limpeza da orla do rio, realizada por duas equipes, com a poda da vegetação acumulada na margem, o recolhimento do lixo, varrição e lavagem do calçadão.
A ação tem o apoio das polícias Civil e Militar, do Ministério Público Estadual e da Justiça, que estão dando apoio e orientação às equipes da secretaria durante o desenvolvimento das abordagens aos moradores de rua.

SELEÇÃO DE ALUNOS PARA CENTRO ESTADUAL DE IDIOMAS

Foi realizada no auditório do Senac, em Colatina, a cerimônia de assinatura do edital de seleção de alunos para o curso de Inglês do Centro Estadual de Idiomas (CEI), que vai funcionar no Colatina Shopping, a partir de maio. A cerimônia oficial contou com as participações dos secretários de Educação, Haroldo Corrêa (do Estado) e Maria Auxiliadora Torezani de Oliveira (de Colatina) e da subsecretária de Educação Básica e Profissional, Adriana Sperandio, e de outras autoridades, além de professores, diretores e estudantes.
Também teve as participações de três alunas dos Centros da Grande Vitória, que estudam no segundo ano e que fizeram uma apresentação cultural, conversando e cantando em inglês, para demonstrar aos alunos de algumas escolas que estavam presentes o que já aprenderam.
A unidade de Colatina é a primeira do interior capixaba a ser implantada fora da Grande Vitória. Criado pelo Governo do Estado, por meio da Sedu, em abril do ano passado, para fortalecer e difundir a língua inglesa entre os alunos da rede estadual, o curso foi implantado primeiramente nos municípios de Cariacica, Vila Velha, Serra e Vitória, e atende hoje a 4.500 alunos.
Em Colatina serão 510 vagas direcionadas aos alunos do ensino médio. Para concorrer a uma das vagas, o aluno interessado precisa estar matriculado no ensino médio regular da rede estadual, ter sido aprovado e ter tido frequência igual ou superior a 80% da carga horária total em 2009, e ter média final igual ou superior a 70, nas Línguas Portuguesa e Estrangeira. O processo seletivo é uma avaliação objetiva em Língua Portuguesa, com 40 questões. O curso tem duração de um a três anos, com carga horária de até 300 horas/aula, com duas aulas semanais de 1h15, ministrado no contra turno, ou seja, no horário inverso ao das aulas regulares do estudante. No ambiente tecnológico, os alunos têm acesso aos equipamentos e metodologias mais modernos, inclusive também com aulas extras, de reforço e de apoio, incluindo ainda uma série de atividades e eventos.
Além do benefício de aprender um novo idioma sem nenhum custo, os estudantes dos Centros têm também a oportunidade de participar do Programa de Intercâmbio que oferece bolsas de estudos para o exterior por um período de seis meses. Dentro deste Programa há um grupo de seis alunos hoje morando no Canadá.
As inscrições para a prova serão de 12 a 14 deste mês, e a prova será aplicada no dia 27, na própria escola na qual o aluno estuda. O resultado final será no dia 1º de maio e as aulas começam no dia 5 de maio. Em Colatina, pertencem à rede estadual as escolas Rubens Rangel, Aristides Freire, Geraldo Vargas Nogueira, Lions Clube, Néa Monteiro Costa, Profª Carolina Pichler e Honório Fraga.

COLATINA EMPATA CLÁSSICO COM CTE E GARANTE CLASSIFICAÇÃO

O Colatina garantiu a classificação para as semifinais da Série B do Campeonato Estadual ao empatar em 0 a 0 com o CTE. O jogo foi disputado no estádio municipal e teve todos os ingredientes de um grande clássico como nervosismo, polêmica, expulsão e muita emoção. O goleiro Mello, do CTE, esteve em noite inspirada praticando boas defesas, enquanto o atacante Tiego criava as situações de perigo no ataque.
O Colatina, mesmo beneficiado pelo empate, se mostrou mais ofensivo e seus atacantes desperdiçaram várias chances de gols, especialmente Junior Rosa e Gedeon. A rigor, o CTE só criou uma oportunidade com Tiego num chute de fora da área obrigando o goleiro Digão fazer boa defesa. No segundo tempo o técnico Naia optou por um esquema mais ofensivo e o time arriscou alguns chutes de média distância.
A expulsão do meio campista Fernando Prado, aos 28 minutos, contudo, complicou o esquema tático e o Colatina passou a ter mais espaço pra jogar. Desta forma, mesmo com os atacantes não conseguindo finalizar com sucesso, o Colatina dominava as ações, comandados principalmente por Edson Careca.
Com o empate, o Colatina segue na competição, mas aguarda a definição sobre quem será o seu adversário, que pode ser Estrela, de Cachoeiro de Itapemirim ou Castelense, de Castelo. O primeiro confronto será no dia 19, no estádio municipal. Já o CTE, mesmo eliminado, enfrenta o Aracruz, sábado, às 16 horas, no estádio municipal, para cumprir tabela.

TROMBA D´ÁGUA ATINGE ZONA RURAL DE COLATINA

Uma tromba d'água atingiu a região norte do município, nas áreas de Graça Aranha e Ângelo Frechiani, na madrugada do dia 7 de abril, levando prejuízos e transtornos aos moradores de várias localidades nestas regiões que ficou praticamente inundada devido ao grande volume de água registrado.
O secretário de Interior, Agildo Costa, disse que esteve no local e pode constatar os estragos causados pela enxurrada, que inundou casas, e destruiu plantações, criações e interditou estradas deixando algumas localidades inacessíveis por algum tempo.
Na manhã de hoje o secretário teve uma reunião com o prefeito Leonardo Deptuski e logo após seguiu para Vitória, onde pretende uma audiência com o governo do Estado, buscando recursos para ajudar na solução dos problemas.
De acordo com Agildo, a situação em algumas localidades é preocupante e o município sozinho não teria provisão de recursos suficientes para encaminhar as soluções necessárias. "Alguns produtores tiveram prejuízos imensos, perdendo quase tudo que tinham", assegurou.
Os alunos das unidades escolares municipais e estaduais também foram prejudicados, pois não têm condições de sair de casa e o transporte escolar não tem como chegar a algumas localidades. As aulas na região estão suspensas até que a água baixe, cessando o risco para os alunos, e as estradas tenham condições de trânsito, informou o secretário.
Dentre as localidades atingidas estão os distritos de Paul de Graça Aranha, Boa Esperança, Timbuí, Bela Aurora, Limão, Graciano Neves e Santa Catarina, todos enfrentando alagamentos e prejuízos. Agildo conta com a sensibilidade do Governo do Estado, no sentido de propiciar os recursos necessários ao município para que possa minimizar o sofrimento daquelas famílias.










Igreja em Ação: Diocese de Colatina/ES lança catálogo de vestes e objetos litúrgicos em feira internacional na cidade de São Paulo/SP


Inserida por Paulo Roberto Maciel para o blog reporterpaulomaciel.blogspot.com
Fonte: Diocese de Colatina

A Diocese de Colatina é presença confirmada na maior feira de livros e artigos religiosos católicos da América Latina, a ExpoCatólica 2010. A feira é internacional e acontece de 8 a 11 de abril, em São Paulo/SP. Em um espaço privilegiado de mais de 60 m², a empresa Cordis Paramentos e Objetos Litúrgicos, que pertence à Diocese de Colatina, irá mostrar o que tem de melhor em objetos, vestes, móveis e imagens. Logo na abertura da feira, haverá o lançamento oficial do novo catálogo de produtos da empresa, que traz diversas peças inéditas. “Buscamos resgatar características artísticas presentes nas vestimentas do século 14 ao 17. Em nossas peças, há, por exemplo, elementos da iconografia russa”, adianta o diretor da Cordis, padre Ernandes Samuel Fantin, que comparecerá ao evento. No lançamento do catálogo 2010, também estará presente o bispo diocesano de Colatina, dom Décio Sossai Zandonade. “Cordis busca fazer o melhor para que a presença do mistério de Cristo torne-se ainda mais visível pela beleza das vestes e dos objetos litúrgicos”, assinala dom Décio. “É um serviço eclesial. É também um serviço evangelizador e social, pois todos os recursos obtidos direcionam-se ao fortalecimento da evangelização e ao apoio às diversas obras sociais da Diocese de Colatina”, acrescenta o bispo.


Cordis: inspiração de dom Geraldo Lyrio Rocha


Há quase 20 anos no mercado, a Cordis foi fundada pelo então bispo diocesano de Colatina e atual presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Geraldo Lyrio Rocha. Localizada no município de Colatina (ES), o objetivo inicial da empresa era fornecer subsídios pastorais para as comunidades diocesanas, e vestes e objetos para as celebrações litúrgicas da Diocese de Colatina. Cordis não só cumpriu esse papel, como também cresceu e tomou novos rumos. Atualmente, a empresa trabalha com a comercialização de livros, confecção própria de vestes litúrgicas e com a fabricação de objetos litúrgicos e móveis. “Cordis tem a alegria de atender várias outras Igrejas cristãs, como a Presbiteriana, a Luterana e a Anglicana”, informa padre Ernandes.


ExpoCatólica


A ExpoCatólica é uma feira internacional que promove o mercado de artigos religiosos. Nesta sétima edição, são esperados mais de 30 mil visitantes e 180 expositores. Esta será a primeira edição bienal da ExpoCatólica que, desde 2003, vem sendo realizada anualmente pela Promocat, com o apoio da CNBB e da Arquidiocese de São Paulo.